terça-feira, 1 de abril de 2008

História da Monsanto

História da Monsanto

Segundo o site:
http://www.combat-monsanto.org/spip.php?article86

(tradução livre)

Presente em 46 países, Monsanto se tornou líder mundial dos OGM, mas também uma das empresas mais controversas da história industrial. Desde sua criação em 1901, a firma acumulou processos em razão da toxicidade de seus produtos, mas se apresenta atualmente como uma empresa das "ciências da vida" convertida às virtudes do desenvolvimento durável.

• 1901 John Francis Quenny nomeia sua nove empresa Monsanto Chemical Works, com o sobrenome de sua esposa Olga Mendez Monsanto.

• 1902 A empresa começa aprodução de sacarina.

• 1917 Monsanto inicia a produção de aspirina.

• 1929 Monsanto recompra a companhia Rubber Services Laboratories com base em Akron, Ohio e Nitro, Putnam County, West Virginia. Monsanto se lança então na indústria química pesada. Nitro tornará um de seus centros de produção de PCB (Bifenil policlorado é um composto químico tóxico, resistente ao calor, útil na indústria elétrica, na época em grande expansão e também como líquido refrigerante nos transformadores. Origina diversos derivados de elevada toxicidade e persistência ambiental. Os PCBs tendem a acumular-se ao longo da cadeia trófica. Presentes em pequenas quantidades nos organismos microscópicos, em maior quantidades nos peixes de que deles se alimentam até atingirem valores muito elevados nos mamímeros que dos peixes se alimentam, tal como os homens. Elevadas concentrações de PCBs provocam irritações cutaneas nos adultos mas é nas crianças que os efeitos são mais graves. Estudos apontam para valores de QI mais baixos e menor capacidade de memorização..)

• 1935 Compra da Swann Chemical Company, à Anniston, nos Estados Unidos, é então que a Monsanto Chemical Company inicia a produção e venda de PCB.

• 1935 Monsanto amplia suas atividades à produção de sabão e de detergentes industriais, e comença a produzir fósforo.

• 1937 Monsanto toma conhecimentodos perigos da exposição aos PCBs, depois de um estudo do Dr. Emett Kelly, que dirige então o serviço médico da Monsanto.

• 1938 A firma se lança no mercado de plástico, com numerosos produtos em plástico cntendo os PCBs.

• 1939-1945 Cientistas que trabalham para a Monsanto participam do "projeto Manhattan" que resultará na produção da primeirabomba atômica da História. O Dr. Charles Thomas, que será mais tarde membro da diretoria, assite aos testes e à explosão da Bomba A.

• 1949 Acidente industrial na usina de Nitro, numerosos operários são expostos a produtos químicos contento a dioxina.

• 1955 Monsanto recompra as refinarias de Lion Oil e inicia a produção de adubos à base de derivados de petroquímicos.

• 1959 A firma inicia um novo ramo chamado "Monsanto Electronics Co", à Palo Alto, e que produz silicone ultra puro. Mais tarde, o local de produção será classificado pela Angênica de Proteção dos Americanos, como uma zona contaminada por resíduos perigosos.

• 1959 Monsanto descobre o 2,4,5-T e se lança na produção do herbicida Lasso. Tambémconhecido como "agente laranja", será vendido ao exército americano para desfoliar a mata do Vietnã de 1961 à 1971. O Agente Laranja foi produzido por muitas firma, entre elas, a Dow Chemicals. Foi descoberto que esses herbicidas contiam altas concentrações de dioxina que causou problemas médicos entre os soldados americanos e continua a afetar a saúde da população do Vietnã.

• 1969 Um estudo tornou pública a nocividade do herbicida 2,4,5-T, o Instuto Nacional da Saúde revelou que ratos submetidos à altas doses do herbicida apresentaram deformações fetais e nascimento de ratos já mortos.

• 1970 Criação da Agência Americana de Proteção Ambiental

• 1970 O FDA descobre a contaminação de Anniston e de seus arredores pelos PCBs da usina da Monsanto.

• 1975 Aposta no mercado do Roundup.

• 1977 Proibição da produção e cenda dos PCBs nos Estados Unidos.

• 1978 Inicia a Ação dos Veteranos do Vietnã contra os produtores do Agente Laranja.

• 1979 Un trem de mercadorias transportando 70000 litros de clorofenol descarrila à Sturgeon, Missouri. O carregamento vinha de uma usina da Monsanto e continha dioxina.

• 1980 Monsanto inicia estudos fechados sobre o hormônio de crescimento bovino (rBST).

• 1981 A empresa farmacêutica G.D Searle & Company obtém a autorização de comercialização de NutraSweet. Este substituto do açúcar tinha sido recusado pela FDA por causa de estudos que sugeriam uma possível ligação entre o consmo deste produto e os riscos de câncer no cérbro. A empresa será comprada pela Monsanto em 1985 para se tornar sua filial farmacêutica.

• 1983, representantes de 3 laboratórios, dentre eles Monsanto, anunciam simultâneamente que conseguiram uma construção genética, no caso, um gene de resistência aum antibiótico, nas células de petúnia ou de tabaco.

• 1984 Abertura do processo "Kemner V. Monsanto"

• 1986 Monsanto é julgada culpada por negligência à expor um de seus operários a benzeno, na usina de chocolate Bayou no Texas. A firma deve pagar 100 milhões de indenização à família de Wilbur Jack Skeen, que morreu com leucemiam devido a exposições repetidas.

• 1986 Monsanto gasta 50.000 dólares com despesas de advogados para impedir a iniciativa da Califórnia visando regulamentar o depósito de produtos tóxicos perto de reservas de água potável.

• 1987 Monsanto e os produtores de agente laranja são condenados a pagar 180 milhões de dólares para os veteranos da guerra do Vietnã. Monsanto tinha apresentado neste processo, provas científicas que demonstravam a ausência de ligação entre a exposição à dioxina e os numerosos casos de câncer dos veteranos. No final dos anos 90 será demonstrado que esses estudos foram desviados.

• 1989 Margaret Miller, antiga pesquisadora da Monsanto, entre na FDA.

• 1989 Samuel Epstein revla ao Los Angeles Times que Monsanto revenda às cooperativas a carne e o leite provenientes de seus estudos com o hormônio de crescimento bovino - rBGH.

• 1990 Greenpeace revela num relatório intitulado Ciência para a Venda, que cientistas da Monsanto tiveram alterados os estudos sobre a dioxina para concluir que não apresentavam carácter cancerrígeno para o homem. Estudos estes que tinham servido de prova no início da ação dos veteranos contra o agente laranja.

• 1990 Monsanto gasta mais de 405.000 dólares com despesas de advogados para rejeitar a regulamentação da Califórnia, conhecida com o nome de "Grande Iniciativa Verde". Esta, visava proibir o uso de alguns pesticidas nocivos para a saúde e o ambiente, como o Alachlor da Monsanto.

• 1991 M. Taylor, antigo advogado da Monsanto, se torna o Número 2 da FDA.

• 1991 Monsanto é condenada a pagar uma multa de 1,2 milhões de dólares por ter tentado dissimular o despejo das águas usadas e poluídas numrio de Connecticut

• 1992, A FDA (Food and Drug Administration) publica no Registro Federal sua regulamentação sobre os alimentos derivados de novas variedades de plantas.

• 1993 A FDA autorisa a venda de Posilac da Monsanto, nome comercial do hormônio de crescimento bovino (rBGH). O Posilac é o primeiro produto procedente de pesquisa transgênica a ser autorisado para o consumo.

• 1993 Monsanto registra a patente de seu primeiro OGM resistente ao herbicida RoundUp, se trata da soja Roundup Ready (RR) e pede autorizaão para venda em 1994.

• 1995 Abertura do processo "Abernathy vs Monsanto" pela contaminação de Anniston pelos PCBs.

• 1995 Shapiro se torna diretor da Monsanto, inicio da "revolução cultural" da firma.

• 1996, a firma de Saint-Louis contribui generosamente para a campanha de reeleição do presidente Clinton, pacontribue généreusement à la campagne pour la réélection du président Clinton, o qual dirige homenagem à Monsanto em seu discurso sobre o estado da União, em 4 de fevereiro de 1997.

• 1996 Monsanto é condenada por um tribuanl de Nova York por propaganda enganosa sobre a "biodegragabilidade" do herbicida Roundup.

• 1997 O jornal Seattle Times refere-se a fatos incriminandos Monsanto por tersupostamente vendidos 6000t de resíduos perigosos à numerosas companhias produtoras de adubo. Estes resíduos tinham sidos contaminados com o cádmio que é um metal pesado, suspeito de causar câncer, disfunções renais e neurológicas, além de problemas na gravidez.

• 1997 Fox News censura uma reportagem da jornalista, Akre, de investigaçãoe sobre o Prosilac (rBGH) da Monsanto.

• 1999 Depois de fortes pressões internacionais, e uma proibição da ONU, Monsanto decide não comercializar sementes contendo o gene "Terminator" que provoca esterilização das sementes.

• 2001 Revelação da contaminação do milho criolo mexicano por genes RR e Bt da Monsanto, segundo um artigo de I. Chapela e D. Quist na revista Nature em 29 novembro 2001.

• 2002, 23 fevereiro - o juri declara Mnsanto e sua filial Solutia culpadas de ter poluído "o território de Anniston e o sangue de sua população com os PCBs" (Anniston Star, 23 fevereiro 2002). As multas são fixadas em 700 milhões de dólares.

• 2003 Solutia, filial da Monsanto que produzia os PCBs, foi declarada falida por causa das multas dos diferentes processos por poluição.

• 2006 The Guardian revelou que o pesquisador sobre o câncer Senhor Doll trabalhou secretamente para a Monsanto por 20 anos, como prova uma carta de 1986 da Monsanto destinada a ele, e que confirma a renovação de seu contrato de 1500 dólares por dia.

• 2007 Monsanto foi condenada na França por propaganda enganosa sobre a característica "biodegradável" do Roundup.

Um comentário:

led disse...

Precisamos agir, os comentarios sao pouco perante as provas. Professores, divulguem para seus alunos, engenheiros e arquitetos instruam seus empregados, advogados defendam os prejudicados indo atrás deles se necessario pois não tem voz nem internet, médicos vejam que a medicina não é uma ciencia exata, acreditem em outras coisas e alertem com veracidade, se ninguem se cala, se podemos entender que a vida é muito mais que dinheiro, nossos filhos terao alguma, e somente alguma, chance de verem as maravilhas deste planeta como até há pouco tempo nós, os pais, podemos ver. A alternativa do mundo atual é acreditar na vida no homem e na natureza, ou no mundo virtual, na comida alterada, na ciencia do capital, que em definitiva nos leva -como nos tem levado- à morte.