terça-feira, 10 de março de 2009

Arroz transgênico: Ser cobaia não é bom!

O Greenpeace iniciou uma petição contra o arroz transgênico da Bayer, tolerante ao glufosinato de amônio. A petição é endereçada à CTNBio e à Bayer.
Para pedir que o arroz transgênico (LLRice62) não seja produzido no Brasil, entre no site do Greenpeace e assine a petição (Ser Cobaia Não é Bom), a audiência pública está marcada para 18 de março! Para fazer mais, mande email para as empresas deixando clara a sua opinião.
Os produtores só produzem o que o mercado compra. Nós, consumidores, temos o poder de decidir o futuro dos alimentos no Brasil. Não se esqueça, fazer compras, é fazer política. Faça a sua parte, diga NÃO ao arroz transgênico!

3 comentários:

maschwarz disse...

Ninguém quer ser cobaia da Bayer, eles querem testar o arroz aqui no Brasil, com a gente!

Vamos fazer de tudo para barrar essa porcaria que a Bayer quer enfiar no nosso prato!

http://saudepelasplantas.blogspot.com disse...

Qual a diferença entre a variedade LLRice62 e a LL601?

Transgênicos Não! disse...

Ambos foram desenvolvidos para tolerar o herbicida glufosinato de amônio (nome comercial, Liberty Link, da Bayer). A tolerância é conferida pela introdução do gene bar, que foi isolado do microrganismo do solo Streptomyces hygroscopicus que expressa a enzima fosfinotricina-N-acetiltransferase (PAT), o qual detoxifica o herbicida.